Debate dos candidat@s ao governo do Paraná

IMG_0922 bx resEstive presente no debate apoiando nossa candidata ao governo do Paraná, Gleisi Hoffmann (PT).

Toni Reis

 

Fonte: APP Sindicato

Em um debate tranquilo, os(as) oito candidatos(as) ao governo do Estado apresentaram seus planos para o segmento

Os 550 convidados que lotaram o auditório da APP-Sindicato na manhã desta terça-feira (19), em Curitiba, tiveram a oportunidade de assistir um debate tranquilo entre os(as) candidatos(as) que disputam o governo do Paraná. Participaram os(as) oito aspirantes ao cargo: Bernardo Pilotto (Psol), Beto Richa (PSDB), Geonísio Marinho (PRTB), Gleisi Hoffmann (PT), Ogier Buchi (PRP), Roberto Requião (PMDB), Rodrigo Tomazini (PSTU) e Tulio Bandeira (PTC). Tanto a ordem dos locais onde os(as) candidatos(as) sentaram, como a ordem das apresentações, foram sorteadas durante o debate.

Após a abertura feita pelo presidente interino da APP, professor Hermes Leão, os participantes tiveram a chance de se apresentar aos presentes. Além de parabenizar a iniciativa, todos(as) descreveram o debate como democrático. “Quero saudar e parabenizar a APP pela iniciativa de fazer o debate. É fundamental que a sociedade civil organizada tome conta do processo eleitoral. Esta é uma das melhores formas de combater a corrupção e a influência do poder econômico nas eleições. Também devo parabenizar a entidade por ter cedido espaço igualitário e democrático aos candidatos”, ressaltou Bernardo Pilotto.

IMG_0923 bx resOgier Buchi também frisou as características positivas do debate do sindicato, que está em sua quarta edição. “É um debate que permite a todos os candidatos que exponham o que pensam. A APP nos deu uma oportunidade relevante. Ela também nos ofereceu a possibilidade de saber o que pensa o professor. Eu sou professor e sei que o professor, hoje, passa pelas mesmas dificuldades que enfrentei há 30 anos. Por isso pretendo construir um orçamento que privilegie a educação, a saúde e a segurança”, asseverou na saudação o candidato do PRP.

Túlio Bandeira aproveitou para declarar qual será a marca de sua administração. “Quero fazer, como governador, uma verdadeira gestão. Deixar a vida das pessoas mais fácil, atender a população. A população não aguenta mais um serviço público que, a cada ano, fica mais distante. Tenho compromisso com o trabalho, com a dedicação, certeza, coragem e com a eficiência”, declarou, enfatizando a necessidade de melhorias estruturais nos serviços públicos ofertados pelo Estado.

O atual governador do Estado, Beto Richa, voltou a assumir um compromisso público com a educação e com os(as) educadores(as). “Venho assumir, novamente, compromissos com a educação do meu Estado, como fiz há quatro anos, quando assumi muitos e importantes compromissos. A educação é o passaporte para o futuro, é o instrumento de emancipação humana e social. É a construção da cidadania das pessoas. Em todos os meus planos de governo está escrito: educação prioridade absoluta”, afirmou.

O senador Roberto Requião declarou ter consciência e experiência de que a educação ‘é o diferencial entre o progresso e o atraso’. Ele lembrou que foi durante o período em que governou o Estado que o percentual do orçamento, destinado à educação, aumentou para 30%. “A boa e eficiente aplicação desses recursos fará o Paraná campeão nacional em qualidade na educação”, disse.

O candidato Rodrigo Tomazini destacou a importância do tema do debate para a categoria e para a sociedade. Segundo ele, o seu programa para a educação do Paraná leva estritamente em consideração os interesses da classe trabalhadora. “Uma educação para os filhos e filhas dos trabalhadores, para aqueles trabalhadores que voltaram a estudar. Defendemos também uma educação pública, estatal, laica, de qualidade em todos os níveis modalidades. E defendemos a valorização do trabalhador em educação”, garantiu.

A candidata Gleisi Hoffmann, em sua apresentação, afirmou que deve atuar para melhorar tanto a estrutura das escolas, quanto a qualidade de ensino. Ela disse, também, que a valorização dos trabalhadores(as) em educação é fundamental. “Por isto defendemos a equiparação do salário final do magistério com o dos servidores paranaenses e o piso salarial para os funcionários e as funcionárias das escolas, bem como a realização de novos concursos públicos”, assegurou.

Já o candidato Geonísio Marinho, além de agradecer o convite para o debate, afirmou que os(as) educadores(as) serão considerados(as) em sua administraçao. “O professor, na nossa gestão, será tratado como merece, pois a pauta dos educadores é justa. Nós faremos com que a educação seja a viga mestra do nosso governo”, prometeu.

O debate prosseguiu, com os(as) diretores da APP realizando perguntas aos candidatos. Os temas abordados nos questionamentos foram: Educação Integral, Educação Profissional, Educação de Jovens e Adultos, Educação Especial, Piso Salarial Profissional Nacional, Planos Nacional e Estadual de Educação e Lei de Sistema, Ensino Médio, condições de trabalho e estrutura adequada nas escolas, educação e violência, funcionários(as) da Educação, gestão democrática, política salarial, concursos e carreira, aposentados(as), formação continuada, novo modelo de atendimento à saúde, diversidade étnico-racial, PSS e escola sem machismo. A íntegra do debate será disponibilizada, em breve, no portal da entidade.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*