Biografia

 

Foto Oficial  da  Campanha

TONI REIS

Professor, lutador social é ativista pelos direitos humanos, pela educação pública de qualidade, pelos direitos da juventude, pela democracia, pela participação social. Toni tem compromisso de vida com um Paraná e um Brasil (e um mundo) mais iguais e diversos. Toni é licenciado em letras e pedagogia, especialista em sexualidade humana, mestre em filosofia e doutor em educação.

 

1 - limeira

No distrito de Limeira, Coronel Vivida/PR, onde nasceu.

Um pouco sobre Toni Reis 

Toni Reis nasceu em Coronel Vivida em 1964, ano do golpe militar, e se criou no sudoeste do Paraná. Estudou no Colégio Estadual Agostinho Pereira em Pato Branco. Quando adolescente, participou da formação do Grêmio Estudantil em Quedas do Iguaçu.

Foto de Toni Reis na CEU.

Foto de Toni Reis na CEU.

Aos 19 anos mudou-se para Curitiba. Fez Licenciatura em Letras na Universidade Federal do Paraná. Seu sonho era ser professor. Na Federal, participou ativamente na política partidária  e estudantil. Foi eleito tesoureiro, diretor e presidente da Casa do Estudante Universitário (CEU) nas gestões de 1986 a 1988.

Manifestação LGBT em Viena, 1989.

Manifestação LGBT em Viena, 1989.

Ainda estudante, participou da greve dos/das professores/as paranaenses de 1988, que ficou conhecida pela violência policial com a qual foi reprimida.

Assim que se formou, mudou-se para a Europa, morando na Espanha, na Itália, na França e na Inglaterra até o final de 1991, quando retornou a Curitiba.

10 - ABGLT

Passeata de fundação da ABGLT, 31/01/1995.

Em 1992 foi um dos fundadores do Grupo Dignidade, a primeira organização da sociedade civil paranaense e a segunda da região sul voltada para a promoção e defesa dos direitos humanos da comunidade LGBT. O Dignidade é, ainda hoje, um dos grupos mais atuantes do Brasil.

Foi professor da rede pública do Estado do Paraná de 1992 a 1994,  nos colégios Plínio Tourinho e  Júlia Cavassim  em Colombo e também no Colégio Ipê em São José dos Pinhais.

3

Abertura da I Conferência Nacional LGBT, 2008 (Foto: Ricardo Stuckert).

Auxiliou outros segmentos marginalizados e excluídos da sociedade a formarem suas organizações, para conquistarem seus direitos. Também militou no movimento sindical das professoras e dos professores, batalhando por uma educação pública e de qualidade.

7

Recebendo o Prêmio de Direitos Humanos da então ministra Dilma Rousseff (Foto: Ricardo Stuckert).

Sua preocupação com o Sistema Único de Saúde impulsionou-o a tornar-se Conselheiro Municipal de Saúde de Curitiba e Conselheiro Estadual de Saúde do Paraná durante vários mandatos.

Atua no Grupo Dignidade desde sua fundação, dando especial atenção às políticas de prevenção e combate às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), sobretudo ao HIV/aids.

Nacionalmente, a atuação de Toni Reis sempre foi destacada. Foi um dos idealizadores e principais impulsionadores da criação da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), fundada em Curitiba em 1995. Foi eleito o primeiro presidente da instituição e reassumiu o cargo entre 2007 e 2012.

27 - Credito - Fernanda Reis Brito

Em 2010, recebeu da mão do Presidente Lula o Prêmio de Direitos Humanos.

 

4

Em audiência no Supremo Tribunal Federal com o Ministro e Relator, Carlos Ayres Britto, 2011.

É diretor-presidente da Aliança Nacional LGBTI.

Na Região da América Latina e Caribe, Toni Reis é integrante do comitê executivo da rede GayLatino.

Toni sempre acreditou na importância da sociedade civil organizada na definição das políticas públicas.

5

Em painel na Assembleia Mundial da Saúde em Genebra em 2012.

 

 

6

Com Hillary Clinton, Secretária de Estado dos EUA, na posse da Presidenta Dilma, 2011.

 

 

 

 

 

 

Foi conselheiro na primeira gestão do Conselho Permanente de Direitos Humanos do Estado do Paraná e conselheiro no primeiro mandato do Conselho Nacional LGBT em 2011.

Participou dos Fóruns Nacional, Estadual (Paraná) e Municipal (Curitiba) de Educação e acompanhou diretamente o processo da aprovação do Plano Nacional de Educação.

Trabalhador incansável, de perfil organizador, Toni Reis tem um forte sentimento de busca pela justiça, e tem se dedicado à luta pela igualdade e pela cidadania plena de todos e todas, ganhando reconhecimento local, nacional e internacional como defensor dos direitos humanos e de uma educação de qualidade e emancipadora.

 

 

2

Juntos desde 1990, Toni Reis e David Harrad são pais de três filhos adolescentes. São defensores da causa da adoção, independente da idade e/ou outras características. Entendem que as famílias são plurais e diversas, o importante é o amor e o afeto.